sábado, 23 de janeiro de 2010



233 - E VOCÊ NÃO VIU
Autor: Carlos Henrique Rangel


Eu estava lá
Mas você não viu.
Foram os meus dedos
Que roçaram sua face
Afastando aquele fio teimoso.
Foram os meus lábios
Que passearam sobre seus olhos
De leve
Para não te acordar...


E você não viu...
E você não sentiu...


Oh maldosa manhã de Sol
Que me despertou
Da viagem...
Quero voltar a dormir
E sonhar com você.
Tocar seu corpo
Invisível e me desmanchar
De amor...
Não,
Não quero nada
Que não seja essa
Realidade fantástica...
Acordar não é real...
Quero dormir
E voltar a ser seu príncipe...


E você não viu...







4 comentários:

  1. Muito lindo!
    Sem palavras, você escreve muuito bem.
    *___*

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Fran. Você também escreve muito bem.

    ResponderExcluir
  3. é simplismente isso que eu sempre quis flr e nunca consegui expressar.. caracaaaaaaaaaaaaaa
    que perfeitooooooooooooooooooooooooo
    Proteus.. parabéns de novo...

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Ariana. Sei que escrevo de forma simples mas são coisas que vêm de dentro.

    ResponderExcluir

1212 - FOICE