sábado, 2 de janeiro de 2010


207 - ADEUS
Autor: Carlos Henrique Rangel

Eu te vi
Na encruzilhada,
No lugar das dúvidas.
Do não lugar algum...
Para onde ir
Com você?
Que caminho
Seguir?
Com você?
Sem você?
Na encruzilhada
Não há caminho
Do meio...
Será?
O que faremos
Deste amor
Na encruzilhada?
O meu querer
Ainda é o mesmo?
O seu?
Na encruzilhada
Te beijo
Como um último
Adeus...
Entre
O norte e o sul
O leste e o oeste
Não sei se fico
Ou se vou...
Sem você...
Onde nos perdemos?
O que fiz?
O que fez?
O que fizemos?
Eu ainda
Te quero...
Não sei
Se longe
Ou perto.
Mas o meu
Desejo
É do tamanho
Do início
E sei do seu...
Onde erramos?
Um dia acertamos?

Quero mais...
Quero solução...
Na encruzilhada,
No lugar das dúvidas...
Do não lugar algum...
Sei lá
Do nosso amor...
Te beijo
Como um último
Adeus...

Adeus..



Um comentário:

  1. Dizer adeus às vezes doi mais do que continuar uma relação que não dá mais...
    Mas se não há outra solução...

    ResponderExcluir

1267 - TRÊS MESTRES