domingo, 24 de outubro de 2010

424 - QUANDO A NOITE CAI
Autor: Carlos Henrique Rangel

Quando a noite cai
Também eu...
Há um silêncio berrando no ar...
Encolho-me no canto
E vejo as estrelas
Quando há...

No alto, as luzes
São de todos
E o que vejo
Você também vê.
Gosto de pensar assim...
Estamos juntos de novo
Olhando o céu e as estrelas
Mesmo que longe...

Essa Lua
Você também a vê
E isso importa...
Ela é nossa...
Quando a noite cai
Também eu...
É quando sei que
Que você existe
E eu...

Há um silêncio berrando no ar...
Mas essa Lua é nossa
E as estrelas...
Sou feliz à noite...

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=157117#ixzz13IIANtW9
Under Creative Commons License:
Attribution Non-Commercial No Derivatives

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1246 - ESPECTRO