terça-feira, 31 de agosto de 2010

416- PALAVRAS
Autor: Carlos H. Rangel

Palavras borboletas...
Como são lindas
As palavras aladas...
Como dançam
As palavras no ar.
Como borboletas
Soam o seu flanar...
Leve brisa ecoa
No ar...
Poesia alada.
Aladas palavras
Que se fazem no ar...
No ar as borboletas
Em letras.
Dançam no espaço
As doces palavras.
Palavras borboletas...
Em cores...
No ar...
Como dançam
As palavras no ar...

Consegue ver as palavras borboletas?
Não as prenda.
Deixem que voem formando versos
Não as prenda...
São prendas...

4 comentários:

  1. Pois eh Proteus... não tenho escrevido nestes dias... me falta inspiração... tb eu fikei um poko triste pq ninguem mais deixa comentarios nos meus poemas... Será que enjoaram??? Tomara que não... Assim que eu voltar a escrever estarei lá no luso sim... me aguarde!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ahhh conheço esses vôos... parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Letícia, também comentam muito pouco os meus. Não liga não.
    Márcia, achei tão bonita esta imagem que você colocou em seu poema que resolvi usá-la. A verdade que a poema foi feita por causa da imagem.

    ResponderExcluir
  4. Livre entre flores mil
    bailam as borboletas
    tem pra todos os gostos
    adoro a que tem asas de amor!

    beijinho e adoro voar pelo teu lindo jardim!

    Isa.

    ResponderExcluir

1204 - COR